Seguindo em Frente…

Seguir em frente é uma das atitudes mais essenciais e importantes para nós humanos, mas nem sempre é fácil.

Ninguém se lembra do primeiro passo, do primeiro engatinhar, da primeira vez que escrevemos nosso nome, não foi fácil, mas hoje sabemos que embora simples foram fundamentais para sermos o que somos hoje.

E embora hoje pareçam simples,  a sua época esses eram fatos complicados e importantíssimos, precisamos ter coragem e determinação para vencer cada uma dessas etapas.

E aliados a tais dificuldades, ao menos para mim, me parece que não gostamos de mudanças, muito pelo contrário, veja nosso estilo de vida e compare com o de nossos antepassados, hoje moramos em cidades, em casas, de forma que tudo seja o mais estável possível, tememos grandes mudanças, perdas, novos caminhos, buscamos essa tão sonhada estabilidade.

Certa vez, ouvi uma história de um rapaz que quando perguntado com qual objeto ele gostaria de ser comparado respondeu de pronto que seria com um transatlântico gigantesco, afinal assim poderia enfrentar qualquer adversidade tranquilamente, na maior estabilidade possível.

Recentemente me encontrei com esse rapaz, que continuava buscando ser um transatlântico imponente, grande, estável, que poderia percorrer o mundo (ou a vida) sem abalos, contudo o alertei para o fato de que para ser um navio desse porte, é necessário se manter em alto mar sempre, vivendo dessa forma podemos percorrer o mundo, mas jamais o conheceremos de fato, seremos como um grande navio de cruzeiro que jamais conseguirá chegar até aquela praia paradisíaca de areias brancas, jamais faremos algo além de flutuar por águas profundas, nunca saberemos as preciosidades perdidas.

Assim por vezes é necessário mudar tudo, arriscar, deixar de sermos esse transatlântico e nos tornarmos pequenas embarcações, cientes de nossa pequenez, vivendo a realidade que está diante de nós.

Avançar é necessário, milhares de portugueses morreram no mar salgado para que a América pudesse ser “descoberta”, séculos depois, imigrantes vieram para cá e hoje contam histórias incríveis, nem sempre a história pode ter um final sensacional, mas é uma história, linda e diferente, única, e que só existiu porque seus intérpretes tomaram uma posição.

Em nossas vidas é assim, por vezes é necessário prosseguir, mesmo que momentaneamente doa demais, contudo não seguir em frente vai doer muito mais no futuro, muito mais.

É isso,

Grande Abraço a Todos.

Bruno Padilha

Anúncios

~ por brunopadilha em dezembro 6, 2009.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: